INCLUSÃO DE PROFISSIONAIS COM DEFICIÊNCIA

Lei de Cotas

De acordo com a Lei de Cotas, toda empresa com 100 ou mais funcionários é obrigada a preencher de 2% a 5% dos seus cargos com beneficiários reabilitados ou pessoas com deficiência.

A contratação e a inclusão de pessoas com deficiências no mercado de trabalho é um dos pilares da Responsabilidade Social.

Mais do que cumprir o que determina a Lei de Cotas, a contratação de PCD – pessoas com deficiência – é uma oportunidade para que as empresas fortaleçam seus quadros com profissionais tão ou mais qualificados e produtivos do que os demais colaboradores.

Por meio das diferenças, sua empresa pode enxergar novas oportunidades de negócio e engajar seus colaboradores através da união de suas particularidades e capacidades

Além de oportunizar a inclusão dos PCDs, que ganham independência e reconhecimento quando se inserem no mercado de trabalho, ao contratar esses profissionais a empresa também dá um passo importante na busca por uma gestão de pessoas mais humana e livre de preconceitos.

“QUEM É DIFERENTE? TODOS.

QUEM É IGUAL? NINGUÉM.

IGUAIS SÓ OS DIREITOS – NÃO AS PESSOAS.

MERECEMOS TODOS AS MESMA OPORTUNIDADES.

ASSIM, REFLETIREMOS O QUE A SOCIEDADE TEM DE MELHOR.”

                             Autoria: GPA IGUAIS

Menu